Logo
Rio de Janeiro
Brasil
Segunda à Sexta-feira
Das 09:00 às 17:00

Linux Mint: 3 versões impactantes.

Linux Mint
Gostou do artigo? Compartilhe!

Podemos afirmar que o Linux Mint é sensacional! Assim, se você faz parte do grupo de usuários do Windows 10, seja você pessoa física ou pessoa jurídica, que está incomodado com o fato de suas máquinas, muitas das quais equipadas com processadores Intel® Core™ i3 e Intel® Core™ i5, não passarem nos testes de compatibilidade com o Windows 11, saiba que há uma ótima alternativa disponível no mercado.

Faz algum tempo que as estatísticas vêm mostrando que o Windows está lenta, mas seguramente, perdendo espaço no mundo dos PCs. Neste cenário, o Linux® vem ganhando muito espaço como uma alternativa acima da média.

E dentre as diversas “distribuições” Linux disponíveis no mercado, o Linux Mint é, na nossa opinião, a que melhor atende às necessidades do usuário, tanto em ambiente doméstico como em um ambiente corporativo com estações de trabalho.

É importante ressaltar não estarmos falando de ambiente de servidores de rede, apesar de, neste ambiente, o Linux já reinar soberano, a ponto da própria Microsoft já tê-lo adotado oficialmente em seus ambientes de produção, inclusive, no Azure, que é compatível com distribuições como Red Hat, SUSE, Ubuntu, CentOS, Debian, Oracle Linux e Flatcar Linux.

Talvez você não saiba, mas a Microsoft parte da Linux Foundation! Só que deixaremos para falar mais detalhadamente sobre isso em outro artigo.

Voltando ao assunto deste artigo, o Linux Mint é um sistema elegante e confortável, além de poderoso e fácil de usar, ambientado nos desktops Cinnamon, MATE ou Xfce.

Na data deste artigo, a versão mais recente é a Linux Mint 20.2, codinome “Uma”, uma versão de suporte de longo prazo (LTS), que ganhará atualizações até 2025. Ela vem com software atualizado, traz vários refinamentos e muitas novas funcionalidades para tornar o seu ambiente de trabalho ainda mais produtivo.

A instalação da distribuição é muito simples e o assistente visual o auxilia em todas as etapas. Se você já instalou o Windows, você não terá nenhuma dificuldade para instalar o Linux Mint. Em relação aos drivers, a instalação dos necessários para um “computador básico” passa totalmente transparente ao usuário. E este é um dos aspectos que diferencia o Linux Mint de outras distribuições Linux.

A interface visual do Linux Mint é um dos seus principais diferenciais, pois apresenta familiaridade com o Windows, tornando a sua adoção mais palatável ao usuário do sistema da Microsoft.

Versões do Linux Mint

A versão mais popular do Linux Mint é a edição Cinnamon, que foi desenvolvida principalmente para e pelo Linux Mint. O Cinnamon é elegante, bonito e cheio de novos recursos.

O Linux Mint também está envolvido no desenvolvimento do MATE, um ambiente de desktop clássico que é a continuação do GNOME 2, o desktop padrão do Linux Mint entre 2006 e 2011.

Embora falte alguns recursos e seu desenvolvimento seja mais lento do que o do Cinnamon, o MATE é executado mais rápido, usa menos recursos e é mais estável do que o Cinnamon.

O Xfce é um ambiente de desktop leve. Não suporta tantos recursos quanto Cinnamon ou MATE, mas é extremamente estável e muito leve no uso de recursos.

Ao longo deste post, mostramos como o Linux Mint é uma ótima alternativa para o usuário, doméstico ou corporativo, que está enfrentando problemas de compatibilidade na atualização do Windows 10 para Windows 11.

E se você está neste grupo de usuários, recomendamos que você visite o site oficial do Linux Mint e conheça um sistema operacional que pode lhe surpreender em diversos aspectos, além de trazer um grande alívio financeiro para você ou para o seu negócio, pois o Linux Mint é 100% gratuito.

Faça parte do nosso canal no Telegram ou assine nossa newsletter e receba notificações automáticas de novos artigos publicados no nosso blog.

Até o próximo post!

Outros artigos disponíveis:
Pesquisa de palavras-chave
Conhecimento

Tópico 4: Como pesquisar palavras-chave?

Chegando ao quinto artigo da série “9 tópicos sobre SEO para você saber” você verá que a pesquisa de palavras-chave tem por finalidade…

Estratégia de SEO
Conhecimento

Tópico 3: Uma estratégia de SEO?

Este é o quarto artigo da série “9 tópicos sobre SEO para você saber”. Nele você verá que uma boa estratégia de SEO começa com um bom….